05:10 28 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Kim Jong-un, líder norte-coreano, durante a reunião com o presidente da Corea do Sul, Moon Jae-in

    Kim Jong-un: Pyongyang avança firmemente rumo à desnuclearização da península coreana

    © REUTERS / Korea Summit Press Pool
    Ásia e Oceania
    URL curta
    650

    Nesta quinta-feira (3), o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, encontrou-se em Pyongyang com o chanceler chinês, Wang Yi, comunicou o Ministério das Relações Exteriores chinês no Weibo.

    Wang Yi regressou a Pequim após visita de dois dias a Pyongyang, onde ele se encontrou com seu homólogo norte-coreano, Ri Yong-ho.

    No decorrer da visita do chanceler chinês, Kim Jong-un apontou que a desnuclearização compreende uma "posição firme da Coreia do Norte", frisando que Pyongyang gostaria de reestabelecer o diálogo na região.

    Por sua vez, Wang Yi frisou que a China apoia plenamente as tendências positivas que estão acontecendo na península da Coreia.

    "A China saúda as recentes mudanças positivas na península coreana. Apoiaremos os esforços da Coreia do Norte de levar adiante a desnuclearezação", afirmou Wang Yi em Pyongyang na quarta-feira (2), segundo o comunicado do ministério chinês.

    Além do mais, o ministro das Relações Exteriores chinês ressaltou que Pequim entende as preocupações de segurança de Pyongyang, destacando, enquanto isso, a importância do diálogo entre a Coreia do Norte e os EUA.

    O diálogo entre Pyongyang e Washington pode "avançar suavemente e obter progressos consideráveis", assinalou Wang Yi.

    Trata-se da primeira visita a tão alto nível entre Pequim e Pyongyang desde a cúpula intercoreana que veio à tona no dia 27 de abril, onde os líderes das Coreias concordaram em desenvolver uma agenda ambiciosa em prol da paz e da desnuclearização da península coreana.

    Durante o encontro, Wang Yi afirmou também que Pequim deseja manter boa comunicação e coordenação com a Coreia do Norte.

    Mais:

    Trump: abandonar acordo com Irã enviaria 'mensagem correta' para Coreia do Norte
    Seul removerá alto-falantes de propaganda da fronteira com a Coreia do Norte
    Chefe da diplomacia chinesa aceita convite e visitará a Coreia do Norte
    Tags:
    desnuclearização, Coreia do Norte, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik