18:06 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Bandeiras nacionais dos EUA e da China

    Projeto do Senado dos EUA pede US$ 1,5 bilhão para conter influência chinesa

    © AP Photo / Andy Wong
    Ásia e Oceania
    URL curta
    10416

    Projeto apresentado no Senado dos EUA pede US$ 1,5 bilhão durante os próximos 5 anos para aumentar a influência de Washington na região do Indo-Pacífico. A iniciativa envolve membros do Partido Democrata - Ed Markey e Ben Cardin - e também políticos do Partido Republicano - Cory Gardner e Marco Rubio.

    Em comunicado de imprensa que acompanha o documento, chamado "Asia Reassurance Initiative Act (ARIA)", os senadores afirmam que os recursos irão aumentar a liderança dos EUA na região do Indo-Pacífico em meio a uma "ascensão cada vez mais assertiva da China". 

    O projeto também pede US$ 10 milhões para "esforços de liberdade de informação" na Coreia do Norte e permissão para impor sanções econômicas à nações asiáticas que violem direitos humanos. O financiamento também é necessário para reforçar a liberdade de navegação e os direitos de sobrevoo na região, de acordo com o documento.

    Além destes pontos, a iniciativa "expressa o apoio à venda regular de armas a Taiwan e o aumento dos contatos diplomáticos e de defesa entre Washington e Taipei".

    Mais:

    Rússia e China vão barrar qualquer 'sabotagem' do acordo com o Irã
    China elabora drones de nova geração capazes de decolar de porta-aviões (FOTO)
    Pequim planeja construir nova base no mar do Sul da China 'desafiando' Washington
    Bombardeiros nucleares da China são detectados mais uma vez cercando Taiwan
    Austrália diz ter 'total direito' de navegar no mar do Sul da China
    Rússia nega os planos de lançar um firewall de internet semelhante ao da China
    Tags:
    Estados Unidos, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik