02:38 13 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Soldado sul-coreano passa por uma TV que transmite uma reportagem a respeito do mais recente teste com mísseis da Coreia do Norte. Dia 7 de junho de 2017

    Desmantelar programa nuclear é condição para EUA aliviarem sanções contra Coreia do Norte

    © REUTERS / Kim Hong-Ji
    Ásia e Oceania
    URL curta
    937

    O presidente dos EUA, Donald Trump, não estará disposto a aliviar as sanções contra Coreia do Norte antes que Pyongyang tenha desmantelado substancialmente seu programa nuclear. A informação foi divulgada por fontes da Casa Branca.

    "Quando o presidente diz que não cometerá os erros do passado, isso significa que os EUA não farão concessões substanciais, como a suspensão de sanções, até que a Coreia do Norte tenha desmantelado substancialmente seus programas nucleares", disse um fonte da administração Trump, citada pelo Wall Street Journal. 

    O encontro entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump e o líder norte-coreano, Kim Jong-un deve acontecer em algum momento em maio. Detalhes como local e data do encontro ainda não foram revelados. Esta será a primeira vez na história em que líderes dos dois países se encontrarão.

    O líder norte-americano afirmou de maneira errada neste domingo que a Coreia do Norte aceitou abrir mão de suas armas nucleares. Posteriormente, foi verificado que Pyongyang aceitou, na verdade, interromper seus exercícios de mísseis balísticos e fechar um local de testes.

    Mais:

    Trump infla resultado diplomático com a Coreia do Norte
    Trump sobre a Coreia do Norte: 'Estamos longe de uma conclusão'
    Mídia: conselheiros de Trump consideram novo rumo da Coreia do Norte como 'armadilha'
    'O que a Coreia do Norte quer é garantia de segurança dos EUA', diz especialista
    Tags:
    mísseis, programa nuclear, Donald Trump, Kim Jong-un, EUA, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik