18:12 05 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    7213
    Nos siga no

    A China está desenvolvendo os novos drones Caihong-X (CH-X), os mais avançados da série do tipo CH, que seriam capazes de decolar de porta-aviões e realizar operações conjuntas com aeronaves militares.

    "As operações conjuntas entre aviões militares tripulados, tais como aviões de combate, e veículos aéreos não tripulados é o futuro dos drones", afirmou Shi Wen, engenheiro principal e designer de drones chineses do tipo Caihong (CH), no decorrer de uma coletiva de imprensa em Pequim no início de abril, segundo informou Global Times.

    ​A equipe de Shi Wen faz parte da Corporação de Ciência e Tecnologia Aeroespacial da China, a principal empreiteira do Programa Espacial chinês. Sua equipe desenvolveu a série de drones tipo CH, tal como CH-3, CH-4, bem como o avançado CH-5, todos são capazes de realizar missões de vigilância e de ataque.

    O engenheiro assinalou que a China promove os projetos de Inteligência Artificial (IA) na área de drones para que as aeronaves tripuladas possam realizar operações militares em conjunto com drones.

    Por sua vez, Li Jie, um especialista naval de Pequim, acrescentou que a "China está focada na construção de uma poderosa Marinha", e enquanto o primeiro porta-aviões chinês está sendo preparado para os testes navais, os drones capazes de decolar dos navios também estão sendo elaborados.

    Prevê-se que o drone CH-X seja apresentado em novembro de 2018 durante o Airshow China 2018, que terá lugar na cidade chinesa de Zhuhai.

    Mais:

    Pequim planeja construir nova base no mar do Sul da China 'desafiando' Washington
    Bombardeiros nucleares da China são detectados mais uma vez cercando Taiwan
    Austrália diz ter 'total direito' de navegar no mar do Sul da China
    Tags:
    porta-aviões, drone, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar