03:05 13 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Uma televisão instalada em uma rua de Tóquio mostra o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, no dia em que Pyongyang lançou um míssil em direção ao Japão

    Japão diz que promessa da Coreia do Norte sobre fim de testes é insuficiente

    © REUTERS / Issei Kato
    Ásia e Oceania
    URL curta
    936

    O ministro da Defesa do Japão, Itsunori Onodera, afirmou neste sábado que a ação da Coreia do Norte é insuficiente para interromper os testes de mísseis nucleares e de longo alcance, disse a mídia local.

    Falando em Washington, o chefe da defesa japonesa descreveu o compromisso como "insatisfatório" e "insuficiente", segundo a emissora NHK, e exigiu o fim dos testes de mísseis de curto e médio alcance.

    Onodera afirmou que não é hora de aliviar a pressão internacional sobre a Coreia do Norte, que, segundo ele, deve abandonar todas as armas nucleares.

    O Japão promete manter a pressão máxima sobre Pyongyang até que isso seja cumprido plenamente, acrescentou o ministro.

    Apesar do líder norte-coreano Kim Jong-un ter anunciado o fim dos testes neste sábado, o espaço aéreo japonês já foi invadido em mais de uma oportunidade por mísseis da Coreia do Norte, o que significa que a posse de tais armas, mesmo sem os testes, seguirá preocupando Tóquio.

    Mais:

    'Progresso significativo': Coreia do Sul elogia fim de testes nucleares de Pyongyang
    Donald Trump elogia decisão de Kim Jong-Un: 'Estou ansioso para nossa reunião'
    Tags:
    diplomacia, armas nucleares, testes balísticos, NHK, Kim Jong-un, Itsunori Onodera, Japão, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik