19:18 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Kim Jong-un observa míssil balístico de longo alcance Hwasong-12.

    Pequim veda exportação de materiais para armas de destruição em massa à Coreia do Norte

    © REUTERS / KCNA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    256

    Para cumprir as resoluções do Conselho de Segurança da ONU, a China proibiu a exportação de materiais e tecnologias que poderiam ser utilizados para fabricar armas de destruição em massa para a Coreia do Norte.

    "No âmbito do cumprimento da resolução 2575 do Conselho de Segurança da ONU e conforme os artigos 16.º e 18.º da Lei sobre o comércio exterior, foi decidido cessar as exportações dos materiais de duplo uso e as tecnologias relacionadas com armas de destruição em massa e meios de seu transporte, bem como os materiais de duplo uso para armas convencionais à Coreia do Norte", diz o comunicado do Comércio da China.

    A restrição entra em vigor no dia da sua publicação.

    O Ministério do Comércio também publicou uma lista detalhada das tecnologias e dos materiais proibidos para a exportação.

    A lista inclui equipamentos para medir radiação, aceleradores de partículas, substâncias radioativas, e etc.

    Antes, a China teria aplicado várias restrições sobre o comércio com a Coreia do Norte no âmbito das resoluções 2375 e 2397 do Conselho da Segurança da ONU.

    Mais:

    China manterá pressão sobre Coreia do Norte, diz Washington
    Opinião: China mostra que Coreia do Norte não é país pária
    China condena novas sanções unilaterais dos EUA contra Coreia do Norte
    Coreia do Norte fatura US$ 200 milhões com exportações; China é o maior parceiro comercial
    Tags:
    armas de destruição em massa, exportação, proibição, Conselho de Segurança da ONU, Ministério do Comércio da China, Coreia do Norte, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik