20:32 20 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Bandeiras de China, Coreia do Sul e Coreia do Norte

    Aperto de mãos e brinde à paz: Coreias do Sul e do Norte indicam avanço nas relações

    © AFP 2018 / MENAHEM KAHANA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    11200

    Parlamentares das Coreias do Sul e do Norte se reuniram em Genebra nesta terça-feira (27) e protagonizaram um raro momento de cordialidade, indicando um avanço nas relações entre os dois países.

    O parlamentar sul-coreano, Young Chin, e o deputado da Assembleia Popular Suprema e diretor do Instituto para a Reunificação Coreana, Ri Jong Hyok, apertaram as mãos e fizeram um brinde à paz durante encontro na assembleia da União Interparlamentar, uma organização que reúne membros de parlamentos nacionais de todo o mundo.

    Ri Jong Hyok declarou que os esforços do Norte para melhorar as relações com o Sul e alcançar a paz e estabilidade na península coreana estão agora desfrutando de um "amplo espectro de apoio" em todo o mundo.

    Na última segunda-feira (26), o deputado norte-coreano declarou que seu país busca construir um "novo mundo justo e pacífico, livre de agressão e da guerra". Segundo ele, nada pode bloquear a meta do diálogo inter-coreano para a reunificação.

    As duas Coreias começaram nesta semana a negociar os preparativos para encontro entre o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, e o líder norte-coreano, Kim Jong un. 

    Mais:

    Coreia do Norte faz apelo para EUA adotarem 'atitude séria' para a paz
    Cético, novo assessor de Trump sugere que Coreia do Norte quer 'enrolar' os EUA
    Cúpula entre Japão, EUA e Coreia do Norte é possível, diz Shinzo Abe
    Novo assessor de Trump quer estabelecer pré-requisitos para negociar com a Coreia do Norte
    Tags:
    relações bilaterais, diálogo, reunificação, programa nuclear, Península Coreana, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik