23:57 20 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    O presidente chinês Xi Jinping (foto de arquivo)

    Nasce gigante midiático global: Pequim anuncia criação da Voz da China

    © AP Photo / Jason Reed, Pool
    Ásia e Oceania
    URL curta
    20613

    As autoridades chinesas anunciaram a decisão de criar um novo gigante mediático que também se converterá em uma das maiores plataformas de propaganda do mundo.

    Os planos foram revelados em um documento do Partido Comunista aprovado pelo Parlamento, publicado pela agência estatal de notícias Xinhua.

    O novo projeto, que será internacionalmente conhecido como Voz da China, será criado através da fusão de três redes nacionais do Estado: a Televisão Central da China (CCTV), a Rádio Internacional da China e a Radio Nacional da China.

    As principais responsabilidades da nova plataforma incluirão: "divulgar as teorias, diretrizes e políticas do Partido Comunista" e "contar boas histórias sobre a China".

    Vale destacar que a Voz da China empregará mais de 14 mil pessoas e estará sob o controle direto do Departamento Central de Propaganda do partido.

    'Poder brando'

    A medida faz parte da companha global de "poder brando", promovida pela China para melhorar sua imagem internacional e difundir seus pontos de vista. Alguns destes esforços no exterior provocaram críticas, por exemplo, em tais países como a Austrália e os EUA, que acusaram Pequim de realizar interferência política.

    No entanto, alguns especialistas, inclusivamente o diretor do Instituto Confúcio da Universidade Estatal Linguística de Moscou, Andrei Seleznev, opinam que o objetivo principal dessa estratégia é "difundir o conhecimento sobre a China e a sua cultura".

    "Não há nada de mal nisso. O fator chave é não interferir nos assuntos internos e nas políticas de outros Estados", afirmou Seleznev à Sputnik.

    Mais:

    Qual será o rumo da parceria China-Rússia com Putin e Xi reeleitos? Analistas respondem
    Primeiro-ministro promete maior abertura da economia da China
    Xi Jinping: 'Qualquer ação ou truque para dividir a China está condenada ao fracasso'
    'Não teremos medo e não nos esconderemos': China alerta EUA sobre guerra comercial
    Tags:
    poder brando, propaganda ideológica, mídia, CCTVNEWS, Partido Comunista da China, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik