18:00 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Balão aéreo com o monte Ararate no fundo, Armênia

    Candidato do Partido Republicano no poder se torna presidente da Armênia

    © AFP 2019/ KAREN MINASYAN
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 10
    Nos siga no

    Na sexta-feira (2), a Assembleia Nacional (parlamento da Armênia) elegeu o quarto presidente do país, Armen Sarkisyan, candidato do Partido Republicano governista, declarou o chefe da Comissão de Contas do parlamento, Gagik Melikyan.

    Pessoas colocam flores no Memorial do Genocídio Armênio, em Erevan, no dia 21 de abril de 2015
    © REUTERS / David Mdzinarishvili
    "90 deputados votaram a favor de Sarkisyan e dez votaram contra, elegendo assim o novo presidente da Armênia", disse Melikyan. No total, na votação participaram 101 deputados, tendo um boletim sido nulo.

    Após o fim do mandato presidencial do atual chefe de Estado, Serzh Sargsyan, o novo texto da Constituição arménia entrará definitivamente em vigor. De acordo com a nova lei suprema do país, o poder ficará concentrado no parlamento e no governo, e as funções do presidente, que será eleito pelo parlamento, se tornarão representativas. Antes, Sargsyan, que é líder do Partido Republicano da Armênia, propôs a candidatura de Armen Sarkisyan, ex-embaixador no Reino Unido, ao cargo presidencial.

    Sarkisyan era o único candidato. Foi apoiado pelos 65 deputados da coalizão no poder – Partido Republicano da Armênia e Federação Revolucionária Armênia.

    Para ser eleito, o presidente teria que ter o apoio de três quartos ou 76 dos 105 deputados.

    Mais:

    Homem com faca ataca funcionários em um jardim de infância na Armênia
    Soldado russo mata colega e comete suicídio na Armênia
    China concederá ajuda militar de US$ 1,5 milhão à Armênia
    Tags:
    votação, deputado, eleições presidenciais, Partido Republicano, Serzh Sargsyan, Armênia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar