08:16 23 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Kim Jong-un, líder norte-coreano, discursando no Réveillon

    Itamaraty ainda não dá explicações sobre passaportes brasileiros de líderes norte-coreanos

    © REUTERS/ KCNA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    11141

    O Ministério das Relações Exteriores do Brasil afirmou nesta quarta-feira que a pasta ainda está investigando o caso dos supostos passaportes brasileiros obtidos pelo líder norte-coreano Kim Jong-un, e seu pai, Kim Jong-il.

    Um funcionário do ministério afirmou, por telefone, à Sputnik Brasil que ainda não há previsão de um novo posicionamento a respeito do caso.

    De acordo com a agência de notícias Reuters, o passaporte foi utilizado por vários anos pelos Kim como documento de viagem a países ocidentais. A cópia do documento mostra que o passaporte foi expedido pela embaixada do Brasil em Praga em nome de Josef Pwag, nascido no dia 1 de fevereiro de 1983 em São Paulo.

    O passaporte valia de fevereiro de 1996 a fevereiro de 2006. A Embaixada da Coreia do Norte se negou a comentar o caso à agência.

    Mais:

    Divulgada cópia de passaporte emitido pelo Brasil ao líder norte-coreano Kim Jong-un
    Novo membro da dinastia? Mídia supõe que irmã de Kim Jong-un esteja grávida
    6 boatos inéditos sobre pai de Kim Jong-un que governo norte-coreano sempre abafou
    Amor por um míssil e viagem à Rússia: 'Kim Jong-un' conta tudo à Sputnik (EXCLUSIVO)
    Tags:
    passaporte, Itamaraty, Kim Jong-un, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik