12:48 21 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira da Coreia do Norte exposta na embaixada do país em Kuala Lumpur, na Malásia

    Balde de água fria: 'Não temos intenção de falar com os EUA', diz Coreia do Norte

    © AP Photo / Vincent Thian
    Ásia e Oceania
    URL curta
    14120

    A Coreia do Norte não tem intenção de se reunir com autoridades dos EUA durante as Olimpíadas de Inverno que começam nesta sexta-feira, informou a agência oficial norte-coreana de notícias KCNA, citando um alto funcionário norte-coreano.

    O Ministério da Unificação de Seul disse na quarta-feira que a irmã do líder norte-coreano, Kim Jong-un, Kim Yo-jong, planejava visitar a Coreia do Sul como parte de uma delegação de alto nível para participar da cerimônia de abertura das Olimpíadas na cidade de Pyeongchang, cidade alpina sul-coreana.

    A abertura também contará com a presença do vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, que prometeu novas e duras sanções contra Pyongyang sobre seus programas nucleares e de mísseis também na quarta-feira, chamando-o de regime mais tirânico do mundo.

    "Nós nunca pedimos diálogo com os Estados Unidos e será assim no futuro", informou a KCNA nesta quinta-feira, citando Cho Yong-sam, diretor-geral do departamento norte-americano do Ministério de Relações Exteriores da Coreia do Norte.

    "Para ser claro, não temos intenção de nos encontrar com os EUA durante a nossa visita à Coreia do Sul", afirmou a agência norte-coreana.

    Cho disse que a visita da delegação norte-coreana às Olimpíadas de Inverno foi apenas para comemorar os Jogos e que Pyongyang não tinha intenção de usar as Olimpíadas de Inverno como um veículo político.

    Anteriormente, Seul disse apoiar um possível encontro entre autoridades estadunidenses e norte-coreanas, aproveitando o momento de reabertura do diálogo entre as duas Coreias. Há o temor de que a crise recomece tão logo os Jogos terminem em Pyeongchang.

    Mais:

    Equipe da beleza: líderes de torcida norte-coreanas chegam à Coreia do Sul (FOTOS, VÍDEO)
    Mattis alerta: Rússia, China e Coreia do Norte tiveram desenvolvimento nuclear em 8 anos
    EUA vs Coreia do Norte: qual lado poderia colocar mundo à beira da catástrofe nuclear?
    Tags:
    acordo de paz, política, relações bilaterais, diplomacia, Olimpíadas de Inverno, KCNA, Kim Yo-jong, Cho Yong-sam, Mike Pence, Pyeongchang, Estados Unidos, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik