13:17 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Míssil balístico indiano Agni-II (imagem referencial)

    Índia testa míssil balístico capaz de carregar ogivas nucleares

    © AP Photo / Ajit Kumar
    Ásia e Oceania
    URL curta
    150

    Nesta terça-feira (6), o comando das Forças Estratégica da Índia realizou outro teste bem-sucedido do míssil balístico de curto alcance Agni-L, capaz de carregar ogivas nucleares, comunicou o canal Zee News.

    O lançamento foi realizado às 8h30 GMT (às 3h00 do mesmo dia em Brasília) a partir do polígono situado na ilha de Abdul Kalam, ao litoral do estado de Orissa. Os últimos testes do míssil haviam ocorrido em novembro de 2016.

    O míssil Agni, desenvolvido pela Organização dos Estudos de Defesa e de Desenvolvimento (DRDO, sigla em inglês) foi testado pela primeira vez em 25 de janeiro de 2002, e no momento, está em serviço do exército indiano. 

    O alcance do Agni-L corresponde a 700 quilômetros, enquanto seu peso é aproximadamente de 12 toneladas, sendo capaz de carregar uma ogiva nuclear ou convencional com um peso máximo de uma tonelada.

    Mais:

    'Arma de paz': Índia testa míssil balístico intercontinental temido pela China
    Fotos de satélite mostram que China concentra tropas perto de área disputada com Índia
    Dois mísseis explodem próximos às embaixadas de Canadá e Índia, em Cabul, no Afeganistão
    Tags:
    míssil balístico intercontinental, teste, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik