10:28 15 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Kim Jong-un durante parada militar dedicada ao 105 aniversário do seu avô, Kim Il-sung, Pyongyang,  15 de abril de 2017

    Kim Jong-un 'desperdiçou' todo o dinheiro de seu pai em testes nucleares?

    © Sputnik / Ilia Pitalev
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1589
    Nos siga no

    A decisão da Coreia do Norte de participar dos próximos Jogos Olímpicos de inverno poderia ser parte de um plano para impulsionar a economia, asseguram duas fontes chinesas ligadas às autoridades de Pyongyang.

    O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, teria gasto a maioria dos meios financeiros que herdou de seu pai em testes nucleares e hoje em dia não terá mais dinheiro para governar o país, por isso a decisão de participar dos próximos Jogos Olímpicos poderia ser parte de um plano para impulsionar a economia, afirmam duas fontes chinesas ligadas à elite governante de Pyongyang, entrevistadas pelo Radio Free Asia.

    "Devido às despesas extravagantes de Kim Jong-un, o fundo de seu pai, formado por subornos, está acabando", disse uma das fontes, que falou sob a condição de anonimato.

    "Podemos adivinhar que ele gastou muito dinheiro em testes de mísseis", assinalou um dos entrevistados, já que "a maioria dos meios financeiros para o desenvolvimento das armas nucleares e mísseis vem precisamente do fundo de subornos de Kim Jong-un", explicou.

    Além disso, a fonte ressalta que "conhece bem" os funcionários da Room 39, suposta organização secreta do Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte que trabalha para fornecer anualmente entre 500 a 1.000 milhões de dólares para os altos responsáveis do país através de uma série de alegadas atividades ilícitas.

    "Ouvi dizer que eles estão preocupados com fundos insuficientes no Room 39", disse, acrescentando que "os altos responsáveis da Coreia do Norte estão cientes "da difícil situação financeira" e que "isso não é segredo para eles".

    Ademais, uma das fontes disse que Kim Jong-un também desperdiçou dinheiro em outros projetos emblemáticos, como o desenvolvimento de uma "rua exemplar" em Pyongyang, chamada de Ryomyong, e a estância de esqui de Masikryong.

    Por outro lado, as sanções internacionais contra a Coreia do Norte em resposta ao seu programa de armas "tornaram extremamente difícil obter moeda estrangeira", explica a fonte.

    A fonte chinesa sugere que Pyongyang busca aliviar seus problemas financeiros ao participar dos próximos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul, esperando obter fundos de Seul, como aconteceu nos anos 90 e 2000, quando a Coreia do Sul ofereceu subsídios ao seu vizinho em troca de relações pacíficas.

    Mais:

    Diplomacia deve 'impor razão' à Coreia do Norte, diz secretário de Defesa dos EUA
    Novo desfile militar na Coreia do Norte à vista?
    'Rússia ajuda Coreia do Norte a se esquivar às sanções'
    Tags:
    testes nucleares, suborno, finanças, Kim Jong-il, Kim Jong-un, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar