18:56 18 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Bombardeiro estratégico dos EUA B-1 Lancer (foto de arquivo)

    Washington está elaborando plano para atacar a Coreia do Norte

    © AP Photo/ Força Aérea dos EUA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    12814

    Os EUA estão elaborando um plano para atacar a Coreia do Norte, no intuito de deter o programa nuclear da nação asiática, informa o periódico britânico The Telegraph citando fontes militares norte-americanas.

    Segundo o diário, nos últimos meses a Casa Branca intensificou os preparativos para uma solução militar por ter medo de que os métodos diplomáticos não funcionem.

    Uma das opções é a destruição das plataformas de lançamento de mísseis balísticos antes de Pyongyang as utilizar para efetuar um novo teste. Os depósitos de armas poderiam ser outro alvo prioritário. "O Pentágono está estudando as opções que permitam atingir os norte-coreanos no nariz e lhes mostrar que não estamos brincando", afirmou uma das fontes.

    O novo agravamento da tensão entre os EUA e Coreia do Norte começou em 29 de novembro depois de quase três meses de relativa tranquilidade. Neste dia, Pyongyang efetuou o lançamento de sua arma mais poderosa: o míssil balístico intercontinental Hwasong-15, que aparentemente pode atingir o território norte-americano.

    Em resposta, os EUA e a Coreia do Sul realizaram exercícios militares conjuntos de grande escala na península coreana. Posteriormente, Pyongyang acusou Washington de "perturbar a paz global" e levar a cabo "um jogo nuclear extremamente perigoso".

    Mais:

    Nova estratégia de Trump: 'não deu com Coreia do Norte, mas venceremos Rússia e China'
    Tillerson: EUA não suspenderão exercícios na península coreana antes das Olimpíadas
    Coreia do Norte não acredita em diálogo proposto pelos Estados Unidos
    Tags:
    teste nuclear, míssil, lançamento, operação militar, Hwasong-15, Donald Trump, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik