12:34 17 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Míssil balístico intercontinental norte-coreano Hwasong-15

    Pentágono não vê ameaça nos mísseis de Pyongyang

    © AP Photo/ KCNA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1213

    Secretário da Defesa dos EUA, James Mattis, declarou que, por enquanto, os mísseis balísticos intercontinentais norte-coreanos não representam ameaça para o território dos Estados Unidos.

    "Por ora, não representam uma ameaça significativa para nós. Estamos analisando o assunto", disse o chefe do Pentágono a jornalistas.

    Nos últimos anos a Coreia do Norte avançou muito na elaboração e desenvolvimento do seu programa nuclear. As sanções da ONU, que visam parar os testes nucleares de Pyongyang, não têm surtido efeito.

    O último teste norte-coreano, de um míssil Hwasong-15, foi realizado em 28 de novembro. Após o lançamento, Pyongyang declarou que este míssil pode atingir qualquer ponto do território estadunidense.

    A Rússia e a China apresentaram um plano de congelamento duplo: Pyongyang suspende o seu programa nuclear e de lançamentos de mísseis e Washington, por sua vez, deixa de realizar manobras conjuntas com Seul, permitindo desta forma estabilizar a situação na região. No entanto, os EUA ignoraram esta iniciativa.

    Mais:

    ONU: é hora de restabelecer comunicação para reduzir tensões com Coreia do Norte
    Morde e assopra: EUA negam possibilidade de negociação com a Coreia do Norte
    Coreia do Norte está pronta para 'resposta implacável' a um bloqueio naval de Washington
    Tags:
    mísseis balísticos intercontinentais, ameaça, Pentágono, James Mattis, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik