09:56 16 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Lançamento do sistema de míssil Hyunmoo II durante manobras conjuntas da Coreia do Sul e dos EUA em local desconhecido, julho de 2017

    Senador dos EUA revela porcentagem exata da possibilidade de ataque a Pyongyang

    © AP Photo/ Ministério da Defesa da Coreia do Sul
    Ásia e Oceania
    URL curta
    12219

    O senador republicano, Lindsey Graham, determinou as chances de uma guerra entre os EUA e a Coreia do Norte caso Pyongyang realize mais um teste nuclear, informa a edição The Atlantic.

    De acordo com ele, a probabilidade corresponde a 70%.

    "Eu diria que há uma probabilidade de três contra dez que recorramos à resolução militar. Caso os norte-coreanos realizem outro teste nuclear, o sétimo, então eu avaliaria esta probabilidade em 70%", assinalou ele.

    Graham frisou que o "tempo está acabando" e que Trump vai precisar atacar a Coreia do Norte caso a situação atual em torno da península coreana não mude.

    Para ele, a "resolução militar" prevê "guerra de grande escala contra o regime [norte-coreano]", não apenas um ataque particular.

    Contudo, o senador afirmou estar disposto a realizar conversações com Pyongyang. "Para evitar a guerra, é preciso levar em consideração todas as opções. […] Quando a história dos tempos modernos for escrita, não quero que digam: 'Lindsey Graham nem sequer tentou conversar com este cara [Kim Jung-un]'", explicou ele.

    As relações entre os EUA e Coreia do Norte se agravaram depois de a mídia norte-americana divulgar informações de que Pyongyang possui ogivas nucleares para equipar seus mísseis balísticos. Em seguida, aconteceu uma troca de ameaças entre Donald Trump e Kim Jung-un.

    Mais cedo nesta semana, o secretário de Estado estadunidense, Rex Tillerson, afirmou que Washington estaria pronto para iniciar conversações diretas com Pyongyang. Posteriormente, a porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert, afirmou que, por enquanto, Washington não percebe interesse de Pyongyang em negociar. 

    Mais:

    ONU: é hora de restabelecer comunicação para reduzir tensões com Coreia do Norte
    Trump gostaria de receber ajuda da Rússia no que diz respeito à Coreia do Norte
    Kim Jong-un teria executado um dos comandantes militares da Coreia do Norte
    Tags:
    guerra, ataque, probabilidades, Lindsey Graham, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik