04:59 23 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Capa do estudante da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts

    'Capa de invisibilidade': será que chineses aprenderam a produzir objetos mágicos? (VÍDEO)

    © flickr.com/ Martin Pettitt
    Ásia e Oceania
    URL curta
    10110

    É real? Internautas chineses ficaram surpreendidos com uma capa transparente que supostamente faz com que uma pessoa desapareça.

    O novo produto visto na China é classificado como uma "capa de invisibilidade quântica" e atraiu a atenção dos internautas. 

    O vídeo publicado no portal Weibo, a plataforma social mais popular na China, mostra como um homem parado no meio de um arbusto desaparece perante a câmera mantendo um tecido de aspecto transparente nas mãos dele. O homem desdobra o tecido e desaparece após se camuflar completamente com o fundo. 

    O vídeo tem mais de 21,4 milhões de visualizações e foi compartilhado por várias mídias em todo o mundo, bem como por Chen Shiqu, o vice-diretor do Departamento de Investigação Criminal do Ministério da Segurança Pública do país asiático. 

    Chen publicou o vídeo em seu perfil do Weibo em 4 de dezembro afirmando que a "capa de invisibilidade" pode ser útil para o exército. 

    "É um tecido de tecnologia quântica, de material transparente, que pode refletir as ondas de luz em torno da pessoa que o utiliza, fazendo com que a pessoa desapareça", comunicou Chen.

    No entanto, vários internautas e especialistas digitais já negaram as supostas características mágicas da capa. Neste sentido, o diário The Daily Mail cita Zhu Zhensong, produtor da empresa Quantum Video, que assegura que o vídeo provavelmente foi editado e filmado com uma tela de plástico azul ou verde. 

    "Programas como Adobe After Effects, Nuke ou Blackmagic Fusion podem editar o fundo e camuflar objetos, tal efeito já foi visto em muitos filmes de ação", acrescentou Zhu.

    Tags:
    invenções, capa, invisibilidade, magia, redes sociais, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik