11:06 28 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    01622
    Nos siga no

    Os EUA e China discutem as garantias para manter as armas nucleares norte-coreanas em segurança se na Coreia do Norte houver "qualquer instabilidade", declarou o secretário de Estado dos EUA Rex Tillerson falando perante o Conselho Atlântico em Washington.

    "Se alguma coisa acontecer, e isso pode ser algum assunto interno da Coreia do Norte […]se isso criar alguma instabilidade, o mais importante para nós seria garantir a segurança das armas nucleares já desenvolvidas, garantir que não iriam cair mãos de pessoas que não queremos", declarou Tillerson.

    O diplomata norte-americano destacou que a ameaça por parte das armas nucleares norte-coreanas é demasiado grande para ser ignorada e que a política dos EUA de desnuclearização da Coreia do Norte é partilhada pela Rússia e a China. 

    ​O secretário de Estado também declarou pela primeira vez que os EUA estão prontos para negociações diretas com os representantes da Coreia do Norte. A única condição para as negociações, segundo ele, é que o regime não realize mais lançamentos de mísseis balísticos. 

    Mais:

    Paz possível? Coreia do Norte busca diálogo com os EUA e Rússia quer ajudar, diz Lavrov
    Guerra entre EUA e Coreia do Norte em 2018 é um cenário real?
    Tags:
    Coreia do Norte, EUA, China, Kim Jong-un, discussão, política, segurança, armas nucleares, desnuclearização, regime
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar