02:13 25 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Imagem de satélite mostra detalhes do mais recente teste nuclear da Coreia do Norte

    Coreia do Norte prepara túnel para novo teste nuclear, dizem analistas dos EUA

    © Foto : Reprodução / 38 North
    Ásia e Oceania
    URL curta
    4111

    A Coreia do Norte está concentrando esforços em um túnel pouco utilizado para realizar mais um teste nuclear em breve, afirmaram analistas dos Estados Unidos com base em imagens de satélite.

    De acordo com material divulgado pelo site 38 North, especializado em temas norte-coreanos, há hoje um "alto nível de atividade" em Punggye-ri, junto ao Monte Mantap onde Pyongyang conduz os seus testes nucleares — foram seis desde 2006, o mais recente tendo ocorrido em 3 de setembro deste ano.

    O documento, assinado por Frank Pabian, Joseph Bermudez Jr. e Jack Liu, apontou que os norte-coreanos estão com trabalhos em andamento no Portal Oeste, onde se localiza um complexo de túneis não utilizado, ao passo que o Portal Norte — onde cinco dos seis testes ocorreram — parece abandonado.

    "Apesar da continuidade de pequenos tremores perto do Monte Mantap desde o último teste nuclear da Coreia do Norte, o trabalho no túnel em Punggye-ri ainda está em andamento", informaram os pesquisadores.

    "Esses esforços continuam a ser concentrados no Portal Oeste, deixando o Portal Norte […] principalmente adormecido e provavelmente abandonado, pelo menos por enquanto. No Portal Oeste, tem havido um alto nível de atividade desde o último teste nuclear da Coreia do Norte", destacaram.

    A inteligência da Coreia do Sul informou congressistas de Seul, há alguns dias, de que Pyongyang pode conduzir um novo teste nuclear "a qualquer momento", e que isso poderia ocorrer ainda em 2017.

    Os analistas informaram que as atividades em Punggye-ri envolvem a presença rotineira de veículos e pessoal ao redor do portal, o movimento de carrinhos de mineração para uma pilha de destruição adjacente e sinais de despojos frescos sendo despejados lá.

    Essas atividades sugerem que a escavação do túnel está em andamento no Portal Oeste e que a Coreia do Norte está ampliando o "potencial de futuros testes nucleares" da planta, de acordo com os especialistas.

    No último sábado, o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), disse detectou dois tremores tectônicos de magnitude 2,9 e 2,4 perto de Punggye-ri. Segundo a entidade, os tremores provavelmente foram as réplicas do sexto teste nuclear da Coreia do Norte, em 3 de setembro, quando Pyongyang afirmou ter testado uma bomba de hidrogênio, muito mais potente do que uma bomba atômica.

    Como resultado de tal teste, a região de Punggye-ri sofreu deslizamentos de terra e o Portal Norte teria sido danificado. Houve ainda o temor de que radiação tenha contaminado a área.

    Mais:

    Coreia do Norte declara vitória no confronto com Estados Unidos
    E se futuro dos EUA e da Coreia do Norte fosse definido nas profundezas do mar?
    Bitcoin entra no radar dos hackers da Coreia do Norte
    Tags:
    Bomba H, bomba de hidrogênio, bomba atômica, teste nuclear, USGS, 38 North, Punggye-ri, Pyongyang, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik