09:51 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    258
    Nos siga no

    O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, disse que o objetivo principal da sua primeira visita oficial à China, que começa em 13 de dezembro, é recuperar a confiança entre os dois países.

    Durante a sua estadia na China,de 13 a 16 de dezembro, Moon vai reunir-se com o presidente chinês, Xi Jinping, com quem se encontrou na cúpula do G20 em julho passado e no Fórum APEC em novembro.

    "Será o meu terceiro encontro com o presidente Xi, mas a minha primeira visita à China. O objetivo principal e o foco desta visita será o restabelecimento da confiança entre a Coreia do Sul e a China", declarou Moon em uma entrevista ao canal de televisão CCTV.

    As relações entre os dois países se deterioraram depois de Seul ter decidido instalar no território sul-coreano o sistema norte-americano de defesa antimíssil THAAD (Defesa Terminal de Área de Alta Altitude, na sigla em inglês).

    Tanto Seul como Washington afirmaram várias vezes que o THAAD somente pretende fazer contrapeso à ameaça norte-coreana, mas Pequim e Moscou suspeitam que, de fato, os EUA procuram aumentar a sua presença na zona e monitorar as suas defesas.

    Mais:

    Coreia do Sul impõe novas sanções contra Pyongyang
    EUA: Se a China não pressionar Pyongyang, tomaremos o assunto em nossas mãos
    Mídia: Coreia do Sul quer Putin nas Olimpíadas para se blindar de ataques norte-coreanos
    Tags:
    Xi Jinping, Moon Jae-in, G20, APEC, THAAD, confiança, sistema antimísseis
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar