20:21 18 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    O líder norte-coreano, Kim Jong-un, inspecionando o programa nuclear em 3 de setembro de 2017

    Nova provocação? Satélites detectam movimentações para teste nuclear na Coreia do Norte

    © REUTERS / KCNA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    962

    As imagens de satélite detectaram um aumento recente da atividade no campo de testes de Punggye-ri, onde a Coreia do Norte realiza os seus testes nucleares – incluindo o mais recente, em 3 de setembro. As informações foram divulgadas pelo site 38 North, especializado em assuntos norte-coreanos.

    Os satélites descobriram um "movimento significativo" de equipamentos e materiais no Portal Oeste da localidade nuclear. De acordo com especialistas do 38 North, até recentemente a atividade no Portal Oeste do site nuclear era mínima ou nula.

    Ao mesmo tempo, as imagens de satélite revelam que pouca atividade havia ocorrido recentemente no Portal Norte, onde os cinco últimos seis ensaios realizados por Pyongyang foram realizados.

    "Embora não seja possível determinar o objetivo exato dessas atividades apenas a partir das imagens, elas podem ser associadas a novos preparativos para um teste nuclear no Portal Oeste, uma maior manutenção no Portal Oeste em geral e/ou o abandono do Portal Norte", diz um relatório publicado pelo site.

    As revelações de imagens de satélite suportam informações recentes do Serviço Nacional de Inteligência da Coreia do Sul, que sugeriram que Pyongyang poderia realizar novos testes nucleares no futuro próximo. As observações também indicavam que seria possível realizar mais testes no Portal Oeste em vez do Portal Norte.

    Em 31 de outubro, foi relatado que 200 pessoas morreram após o colapso de um túnel em Punggye-ri. No entanto, de acordo com especialistas do 38 North, as imagens de satélite do site ainda não revelaram qualquer evidência do possível afundamento do túnel.

    "Embora seja possível que o Portal Norte tenha sido abandonado pelo menos temporariamente após o teste nuclear em 3 de setembro, o próprio local em Punggye-ri não será abandonado nem sua atividade irá parar", continuou o informe.

    "Operações significativas relacionadas a túneis continuam no Portal Oeste, enquanto o Portal Sul permanece em um estado contínuo de preparação para testes nucleares", concluiu o 38 North.

    Mais:

    Quais são as armas bilionárias que a Coreia do Sul vai comprar dos EUA?
    'Limites ultrapassados' de Trump estariam estimulando avanço nuclear da Coreia do Norte?
    Quantas vidas vai custar uma invasão terrestre norte-americana da Coreia do Norte?
    Tags:
    guerra nuclear, teste nuclear, Bomba H, bomba de hidrogênio, bomba atômica, 38 North, Pyongyang, Coreia do Norte, Punggye-ri
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik