18:19 30 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    8211
    Nos siga no

    A China testou pela primeira vez um motor magnético que pode ser usado em seus submarinos para torná-los tão furtivos quanto possível, isto é, tornando-os invisíveis para os radares.

    A estatal China Shipbuilding Industry Corporation (CSIC) informou através da sua conta na rede social WeChat que, em 18 de outubro, testou com sucesso um motor inovador com ímãs permanentes, patenteados pela China, em vários navios de guerra no porto de Sanya (Ilha de Hainan), onde sua frota subaquática é baseada, relatou o jornal Global Times.

    A diferença mais importante das hélices magnéticas é que elas não possuem rotores e têm poucas peças móveis, o que minimiza o ruído. Os imãs supercondutores deste tipo de motores empurram a água, que serve de condutor, aplicando o campo magnético sem a necessidade de hélices, explicou a publicação.

    As tecnologias submarinas e anti-submarinas sempre foram "o elo fraco" da China, que com esse motor magnético estaria procurando maneiras de eliminar essa desvantagem, explicou o especialista naval Eric Wertheim ao site.

    Em junho passado, o contra-almirante chinês Ma Weiming, diretor dos projetos navais de tecnologia eletromagnética da China, disse que o país agora está "muito à frente dos EUA" graças a uma tecnologia de propulsão muito silenciosa, que permitirá à Marinha do seu país criar novos submarinos sigilosos e evasivos.

    Os EUA não tem submarinos com motores magnéticos, enquanto o Japão conseguiu construir, em 1992, o Yamato 1, um navio experimental com essa tecnologia, embora nunca tenha aplicado esta tecnologia amplamente.

    Mais:

    China reage à declaração japonesa de estar pronto para abater mísseis norte-coreanos
    'O negócio da China é negócio. O negócio dos EUA é a guerra'
    'Não é do interesse da China': EUA advertem Pequim sobre voos militares perto de Guam
    Tags:
    China, Ma Weiming, Eric Wertheim, Global Times, China Shipbuilding Industry Corporation (CSIC), submarino, tecnologia, inovação militar, defesa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar