00:13 04 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    6201
    Nos siga no

    Pequim revelou seu novo navio, apelidado como "fabricante mágico de ilhas" por sua capacidade de construir ilhas artificiais. É considerado o maior e mais poderoso navio de dragagem na Ásia, dado que seu lançamento se dá em meio a disputas territoriais no Mar do Sul da China.

    O nome do navio é Tian Kun Hao e ele foi lançado à água em Qidong, na província oriental de Jiangsu. Este é um navio de 140 metros que pode romper rochas submarinas e absorver areia, água e lodo, e logo movê-los até 15 km de distância.

    Ademais, o navio é capaz de dragar até 6.000 metros cúbicos (cerca de duas piscinas olímpicas e meia) em uma hora a partir de uma profundidade de até 35 metros, informa China Daily citando uma declaração do Instituto de Desenho e Pesquisa Naval de Xangai, responsável pelo projeto do Tian Kun Hao.

    Alguns meios de comunicação locais dizem que o navio é um "projeto de defesa militar", que poderia ser usado para construir ilhas artificiais no território do mar do Sul da China, onde Pequim tem disputas territoriais com o Japão, Vietnã, Filipinas e outros países.

    A disputa envolve as Ilhas Spratly e Paracel. Anteriormente, foi relatado que a China estaria desenvolvendo a construção de ilhas artificiais no arquipélago Spratly, onde aviões de combate e outros equipamentos militares estariam sendo colocados.

    ​Em resposta às críticas subsequentes, Pequim observou que está operando em território soberano e, portanto, tem o direito de implantar lá equipamentos militares.

    Mais:

    'O negócio da China é negócio. O negócio dos EUA é a guerra'
    China está testando novas tropas blindadas anfíbias secretas
    China se dirige aos EUA: fiquem longe das conversas sobre mar do Sul da China
    Tags:
    ilhas artificiais, navio, Mar do Sul da China, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar