13:03 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Povo da Nova Caledônia

    França organiza referendo para descolonização na Oceania

    © AFP 2017/ Theo ROUBY
    Ásia e Oceania
    URL curta
    260

    A França, que se prepara para organizar um referendo sobre autodeterminação em Nova Caledônia (arquipélago da Oceania situado na Melanésia), colônia francesa desde 1853, nota que os membros do comitê de signatários do Acordo de Nouméa chegaram a acordo.

    O comitê de signatários do Acordo de Nouméa chegou a um "acordo político" sobre o referendo de autodeterminação em Nova Caledônia, previsto para 2018, indicou na quinta (02) o primeiro-ministro francês Édouard Philippe.

    "Ainda temos que trabalhar e este trabalho é difícil", afirmou ele, citado pela AFP, na sua declaração à imprensa, se congratulando com a confiança existente entre os parceiros.

    O processo de descolonização progressiva em curso no arquipélago – francês desde 1853 – vai resultar, de acordo com o acordo de Nouméa de 1998, em um referendo de autodeterminação que vai ser realizado o mais tardar até novembro de 2018.

    O chefe do governo agradeceu a "todas as delegações" que contribuíram para o acordo político alcançado na quinta relativo, entre outros aspetos, ao corpo eleitoral do referendo, à presença de observadores da ONU durante as operações eleitorais em 2018 e ao estabelecimento de seções eleitorais decentralizadas.

    Mais:

    Hollande rejeita chance de referendo como Brexit na França
    Líder da Frente Nacional, Marine Le Pen, pede referendo sobre permanência da França na UE
    Tags:
    observadores, autodeterminação dos povos, acordo político, descolonização, referendo, França, Nova Caledônia, Oceania
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik