22:02 12 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    222
    Nos siga no

    O Parlamento da China está analisando a possibilidade de aplicar penas de até três anos de cadeia contra quem desrespeitar o hino nacional, afirmou a agência de notícias chinesa Xinhua nesta terça-feira (31).

    Em setembro, a China já havia aprovado uma lei que termina a detenção por até 15 dias de quem não respeitar a "Marcha dos Voluntários" — nome do atual hino nacional chinês. A pena também é válida para os territórios chineses como Hong Konng e Macau.

    Agora, o Parlamento irá analisar uma proposta que prevê o endurecimento da pena. Não há previsão de deliberação para o assunto.

    Hong Kong enxerga a iniciativa com ressalvas e vê nela mais tentativa da China de limitar as liberdades políticas da ilha.

    Além disso, em 2015 os torcedores de Hong Kong vaiaram o hino nacional chinês durante uma partida das eliminatórias da Copa do Mundo. A FIFA aplicou uma multa contra Hong Kong.

    Mais:

    Modelo russa tem falência múltipla de órgãos e morre após jornadas exaustivas na China
    Mídia: há motivos para Rússia, China e Coreia do Norte recearem bombardeiro B-21 dos EUA
    Para que criaram na China réplica enorme do porta-aviões Liaoning? (FOTO)
    Primeiro trem sem trilhos começa a funcionar na China (VÍDEO)
    Como China responderá ao reforço militar da Índia na área fronteiriça?
    Colaboração Rússia-China é a chave para preservar mundo multipolar
    Xi é o novo Mao? Pode ser que na China se tenha dado 'golpe de Estado incruento'
    Jogada inesperada: China emitirá obrigações em dólares pela primeira vez em 13 anos
    Xi Jinping é reeleito líder do Partido Comunista da China
    China responderá à ingerência dos EUA em disputas territoriais modernizando seu exército?
    Tags:
    FIFA, Hong Kong, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar