19:34 19 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    012
    Nos siga no

    O secretário de Defesa dos EUA, James Mattis, realizou uma reunião no sábado com o presidente sul-coreano Moon Jae-in. Funcionários seniores enfatizaram o roteiro diplomático para resolver a crise na península coreana.

    "Eles observaram a importância da cooperação diplomática internacional para aumentar a pressão sobre a Coreia do Norte e mostrar ao regime que seu comportamento ilegal e desestabilizador só resultará em contínua condenação e isolamento da comunidade internacional", disse o porta-voz do Pentágono, Dana W. White em uma declaração obtida pela Sputnik.

    Mattis iniciou sua visita a Seul no dia 27 de outubro e também realizou encontros com o conselheiro de segurança nacional coreano Chung Eui-yong, o ministro das Relações Exteriores, Kang Kyung-Hwa, e o ministro da Defesa Nacional, Song Young-Moo. Essas consultas foram realizadas antes da visita do presidente dos EUA, Donald Trump, à Coreia do Sul, prevista para 7 de novembro.

    A situação na península coreana piorou nos últimos meses depois que Pyongyang realizou diversos testes de mísseis balísticos e nucleares em violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU. Em setembro, o mesmo conselho aprovou uma resolução que impôs um novo lote de sanções aos funcionários, economia, indústria e militares da Coreia do Norte.

    Tags:
    Coreia do Norte, Coreia do Sul, Seul, Pyongyang, Donald Trump, Moon Jae-in, Dana White, Song Young-moo, Chung Eui-yong, Kang Kyung-Hwa, Sputnik, Pentágono, Conselho de Segurança da ONU
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar