11:37 20 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeira da Austrália

    Bateu, levou: Austrália reage às ameaças da Coreia do Norte e promete não ceder

    © flickr.com/ Mark Benger
    Ásia e Oceania
    URL curta
    19169771410

    "Os norte-coreanos não nos intimidam". Foi o que disse neste domingo o ministro da Defesa da Austrália, Dan Tehan, após a Coreia do Norte advertir, na última sexta-feira, que seu país enfrentará uma "catástrofe" se continuar a apoiar as políticas dos Estados Unidos.

    Em suas declarações neste domingo, Tehan reiterou que o governo australiano continuará a "fazer todo o possível para proteger e auxiliar seus aliados", citado por The Sidney Morning Herald.

    O ministro acredita que uma nação da Coreia do Norte deve "obedecer" todas as resoluções aprovadas pelo Conselho de Segurança da ONU, que condenam suas atividades e desenvolvimento de um programa nuclear.

    A este respeito, a ministra australiana de Relações Exteriores, Julie Bishop, afirmou que a nação não é o "principal alvo" de Pyongyang.

    "As ameaças da Coreia do Norte apenas fortalecem a nossa determinação de encontrar uma solução pacífica para as tensões crescentes", afirmou.

    Mais:

    Dados sensíveis sobre informações militares da Austrália foram roubados
    O que a Austrália fez contra as armas e que pode ajudar os EUA?
    Austrália apoiará EUA em caso de ataque da Coreia do Norte
    Tags:
    programa nuclear, ameaças, política, diplomacia, Dan Tehan, Julie Bishop, Coreia do Norte, Austrália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik