05:42 11 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Kim Jong-un, líder norte-coreano, observa treinamentos do Exército Popular da Coreia

    Pyongyang exorta população a começar grande luta nacional contra os EUA

    © REUTERS/ KCNA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    17127

    A Coreia do Norte exortou a uma grande luta nacional contra os EUA e as suas "iniciativas mafiosas destinadas à dominação e agressão".

    A declaração surge após a informação de que um porta-aviões estadunidense está se dirigindo para a Península da Coreia para participar de manobras com a Coreia do Sul. 

    "As iniciativas mafiosas dos EUA destinadas à dominação, subjugação, agressão e guerra se tornam cada vez mais imprudentes e perigosas na sequência da loucura e sede de guerra de Trump, que sem hesitação cospe comentários sobre a 'destruição total da Coreia do Norte'", comunicou o porta-voz do Comitê Nacional da Paz da Coreia do Norte, citado pela agência estatal KCNA, informa o RT.

    "Os traidores pró-norte-americanos e maníacos da confrontação na Coreia do Sul estão incentivando a histeria de guerra dos EUA", afirma a declaração da KCNA.

    Pyongyang também criticou o Tratado da Defesa Mútua entre os EUA e a Coreia do Sul. Este tratado, celebrado em 1953, permite a Washington estacionar forças na Coreia do Sul.

    Militares do batalhão de guerra química do exército dos EUA numa base militar na Coreia do Sul
    © AP Photo/ Ahn Young-joon
    Militares do batalhão de guerra química do exército dos EUA numa base militar na Coreia do Sul

    De acordo com Pyongyang, o tratado é "um documento de guerra agressivo e traidor" que ajuda Washington a manter as suas "forças imperialistas" na Coreia do Sul.

    Na sexta (06) o porta-aviões USS Ronald Reagan, com cerca de 80 aviões militares a bordo, se dirigiu do Mar do Sul para as costas da Coreia do Sul. É provável que os exercícios militares sejam realizados em 20 de outubro, informou a agência de notícias Yonhap.

    Mais:

    Coreia do Norte testará míssil capaz de atingir os EUA, diz parlamentar russo
    Coreia do Norte: 'ocupada pelos EUA', Coreia do Sul é base para guerra nuclear
    Tags:
    política, ameaça, guerra, apelo, perigo, confrontação, posição, declaração, tensões, KCNA, Coreia do Sul, EUA, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik