12:37 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0241
    Nos siga no

    O famoso engenheiro de construção naval Valery Babich, que participou da criação de uma gama de porta-aviões soviéticos, decidiu se mudar da Ucrânia à para a cidade chinesa de Qingdao, na qual ele vai trabalhar em um dos gabinetes de projetos locais especializados na construção de navios.

    Isso é divulgado pela edição on-line china.com, citando o site oficial da empresa.

    Informa-se que o engenheiro já foi inscrito nos quadros do gabinete de projetos. No artigo, Babich é apelidado de "pai" do primeiro porta-aviões chinês Liaoning, criado com base no porta-aviões soviético Varyag.

    Babich participou da elaboração dos projetos e da construção de porta-aviões como Kiev, Novorossiysk, Baku, Admiral Kuznetsov (Tbilisi), Varyag e Minsk. Por muito tempo ele ocupou o cargo de chefe do gabinete de projetos do principal estaleiro encarregado da construção de porta-aviões – o estaleiro de construção naval Chernomorsky na atual cidade ucraniana de Mykolaiv.

    Depois de se aposentar, Babich começou a escrever. Já escreveu dois livros sobre os porta-aviões soviéticos, nos anos de 2000 ele foi nomeado para vários prêmios de literatura. Já há muitos anos que o engenheiro colabora com edições chinesas, nas quais são publicados seus artigos sobre construção naval.

    Mais:

    Novo porta-aviões russo começará a ser construído em 2025
    Como será porta-aviões russo Admiral Kuznetsov depois da reparação?
    Novo porta-aviões britânico: 'Ele ainda não vai estar pronto por muito tempo'
    Tags:
    Ucrânia, China, porta-aviões, engenheiros militares, construção naval
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar