12:42 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Teste do sistema antimíssil norte-americano THAAD

    Assange sobre THAAD: Coreia do Sul é a Cuba da China

    © REUTERS / Leah Garton
    Ásia e Oceania
    URL curta
    282
    Nos siga no

    Julian Assange declarou que a Coreia do Sul, por concordar servir de base para o sistema antimísseis norte-americano THAAD, assumiu o papel desempenhado por Cuba durante a Crise do Caribe de 1962.

    O fundador do WikiLeaks publicou a série de declarações em sua conta no Twitter.

    "A Coreia do Sul é a Cuba da China. Ao provocar a Coreia do Norte, os EUA criam cobertura para instalar [os sistemas] THAAD na fronteira da China", escreveu Assange, em clara alusão à Crise dos mísseis de Cuba.

    ​Ele também destacou que, se os EUA buscarem instalar seu arsenal nuclear na Coreia do Sul, vale esperar uma reação da China. Segundo Assange, China possuiu "muitos mecanismos de pressão nas áreas econômica e militar".

    ​Neste domingo, Assange declarou, também no Twitter, que as constantes ameaças dos EUA provocaram a militarização e o desenvolvimento do programa nuclear de Pyongyang.

    Mais:

    EUA: quem faz negócios com a Coreia do Norte apoia seu programa nuclear
    Será que caças dos EUA podem 'neutralizar' Coreia do Norte em caso de guerra?
    Assange: ameaças dos EUA provocaram a militarização da Coreia do Norte
    Coreia do Sul considera implantação de 'armas mais poderosas' dos EUA
    Seul elabora seu próprio plano de ataque à Coreia do Norte sem ajuda dos EUA
    Tags:
    crise dos mísseis em Cuba, Twitter, WikiLeaks, Julian Assange, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Cuba, China, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar