15:51 23 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    O porta-aviões norte-americano USS Carl Vinson chega para um exercício militar conjunto anual chamado Foal Eagle entre a Coreia do Sul e os EUA, no porto de Busan, Coreia do Sul, 15 de março de 2017.

    Seul discute estacionamento de porta-aviões e bombardeiros estratégicos dos EUA no país

    © REUTERS / Yonhap
    Ásia e Oceania
    URL curta
    2068
    Nos siga no

    A Coreia do Sul e os EUA estão discutindo o deslocamento de porta-aviões e bombardeiros estratégicos para a península coreana, comunicou a Yonhap citando o Ministério da Defesa do país.

    Um porta-aviões nuclear, bombardeiros estratégicos e "outros poderosos recursos" podem vir a ser deslocados para a península da Coreia em resposta ao recente teste da Coreia do Norte, comunicou o Ministério da Defesa sul-coreano na segunda (04). 

    "Trabalharemos na opção de deslocamento de ativos estratégicos como um grupo de ataque de porta-aviões norte-americano e bombardeiros estratégicos após a consulta com os EUA", comunicou o ministério. 

    A entidade militar acrescentou também que se planeja a construção de instalações adicionais do sistema THAAD, destinado a abater os mísseis balísticos de curto e médio alcance. 

    As forças dos EUA na Coreia do Sul pretendem instalar mais 4 sistemas THAAD na região de Seongju County, a 300 quilômetros de Seul. Agora na região operam dois sistemas deste tipo.

    "Os restantes lançadores vão ser deslocados em breve através de consultas para conter as crescentes ameaças de mísseis e nucleares da Coreia do Norte", indica o comunicado do Ministério da Defesa. 

    A Coreia do Sul vai também realizar em setembro um treinamento militar unilateral utilizando os seus jatos de combate F-15 K, equipados com mísseis ar-terra Taurus. 

    Mais:

    Washington e Seul vão considerar 'todas as opções de resposta militar' à Coreia do Norte
    Seul: tremor de terra foi quase 10 vezes mais forte que último teste de Pyongyang
    Tags:
    defesa antiaérea, ameaça, Bombardeiro, porta-aviões, instalação, deslocamento, Ministério da Defesa, Coreia do Norte, EUA, Coreia do Sul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar