23:38 24 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Sistema da defesa antimíssil SAM-4 do Japão

    Japão debate possibilidade de ataque preventivo devido à ameaça norte-coreana

    © Foto: Wikimedia
    Ásia e Oceania
    URL curta
    355436911

    Japão está discutindo se vai desenvolver capacidade de ataque preventivo e adquirir mísseis de cruzeiro, comunica a Associated Press (AP).

    Com as revisões dos programas de defesa do Japão em marcha, o partido no poder está acelerando suas iniciativas, que devem pelo menos ser consideradas, de acordo com vários analistas militares.

    O Japão possui um sistema de defesa antimíssil de duas etapas, incluindo os mísseis interceptores instalados nos destróiers no mar do Japão (também conhecido como mar do Leste) que devem abater os projéteis a meio do voo e os PAC-3 instalados em terra, informa o AP.

    De acordo com a definição japonesa, durante um ataque preventivo os mísseis de cruzeiro, tais como os Tomahawk, lançados de destróiers ou de jatos de combate, alcançariam os mísseis inimigos claramente preparados para lançamento ou imediatamente depois dele antes que se aproximem do Japão.

    O lançamento de um míssil balístico por parte da Coreia do Norte na madrugada desta terça-feira (29) fez soar as sirenes de alerta no Japão. Via mensagens de texto, a população foi orientada a procurar abrigo em edifícios ou porões e foi comunicado que o foguete havia sobrevoado o espaço aéreo japonês.

    De acordo com The Washington Post, neste contexto, o governo de Tóquio intensificou os esforços para preparar seus cidadãos para o caso de uma possível ameaça, avisando que têm, no máximo, 10 minutos para se abrigarem.

    Mais:

    Japão quer sistema americano de defesa de mísseis após o lançamento da Coreia do Norte
    Apenas 10 minutos para escapar: Japão se prepara frente a ameaça da Coreia do Norte
    Tags:
    lançamento, ameaça, tensões, alerta, defesa, mísseis, AP, Coreia do Norte, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik