17:06 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Prédio de 117 anos desabou com as fortes chuvas em Mumbai, Índia. Ao menos 34 pessoas morreram no incidente.

    Chuvas e enchentes deixam mais de 1.400 mortos no sul da Ásia

    © Foto: REUTERS/ Shailesh Andrade
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1228 0 0

    As maiores inundações em uma década deixaram cerca de 1.400 pessoas mortas na Índia, Nepal e Bangladesh.

    Centenas de cidades e aldeias foram submersas após mais de dois meses de chuva e cerca 40 milhões de pessoas foram afetadas.

    Os campos de refugiados montados para abrigar os desalojados estão sem alimentos e vulneráveis à doenças, segundo a Reuters.

    As fortes chuvas estão sendo apontadas como a causa do desabamento de um prédio de 117 anos em Mumbai, na quinta-feira (31). A construção de seis andares foi declarada insegura em 2011, ainda assim ao menos 34 vítimas morreram em seu desabamento, segundo o The Times of India.

    "Se você recebe toda a chova esperada para um ano em um ou dois dias, como você lida com isso? Nenhum planejamento irá funcionar", disse Anirudh Kumar, responsável pelo combate aos desastres naturais no estado indiano de Bihar.

    Mais:

    Teria a Índia secretamente fornecido mísseis supersônicos para o Vietnã?
    Índia solicita informações a vários países para aperfeiçoar sua tecnologia submarina
    Índia e China decidem retirar suas tropas da fronteira em Doklam
    Qual é o país que pode se unir à Índia para desafiar a China na Ásia?
    'Que tenham aprendido a lição': China manda recado à Índia após crise na fronteira
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik