01:20 26 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    73437
    Nos siga no

    Representante do Ministério da Defesa chinês divulga posição de seu país em relação à tensão crescente na região.

    "A China nunca permitirá a guerra ou o caos às suas portas", declarou o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Ren Guoqiang, citado pela Reuters.

    Esta foi a resposta à pergunta sobre a sua posição em relação à tensão na península coreana nesta quinta-feira em coletiva de imprensa mensal.

    A declaração de Ren coincide com os exercícios militares anuais Ulchi Freedom Guardian que os EUA e Coreia do Sul estão realizando na península Coreana.

    A agenda internacional da penúltima semana de agosto de 2017 inclui as manobras navais conjuntas da Coreia do Sul e dos Estados Unidos. O anúncio das manobras provocou o descontentamento da Coreia do Norte, que pegou de novo na guerra de palavras, ameaçando realizar novos testes nucleares e mesmo atacar a ilha de Guam, um território estadunidense no Pacífico.

    Mais:

    Japão quer sistema americano de defesa de mísseis após o lançamento da Coreia do Norte
    Coreia do Sul pede apoio da América Latina contra provocações da Coreia do Norte
    Rússia se diz pronta para coordenação com China pela paz na Península da Coreia
    Tags:
    tensão militar, Península da Coreia, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar