13:44 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Conflito na fronteira entre Índia e China (17)
    667
    Nos siga no

    Índia quer melhorar a vida de seus cidadãos na região fronteiriça montanhosa, mas parece que assim os indianos também querem responder às ações da China nesta região.

    A maioria dos habitantes desta região fronteiriça montanhosa deixou sua casa por causa da falta de conexão ativa com outras partes do país. O governo quer resolver este problema usando o transporte aéreo.
    O ministro da Defesa da Índia já autorizou as linhas aéreas comerciais a usarem as pistas de pouso avançadas (ALG) com aeronaves que tenham capacidade para aterrissar nelas.

    O ministro júnior da Aviação Civil da Índia, Jayant Sinha, disse à Sputnik que os helicópteros são um meio muito cômodo em regiões montanhosas, porque não precisam de muito espaço para aterrissar. Ele também disse que o parque nacional de helicópteros, segundo o plano, deve ser aumentado 10 vezes, comparando com a quantidade atual.

    De acordo com o plano do governo, os operadores de helicópteros e companhias aéreas vão receber 30 pistas de pouso avançadas em diferentes partes da região do Himalaia desde o estado indiano de Himachal Pradesh até ao estado de Arunachal Pradesh.

    Jayant Sinha acrescentou que a Índia não vai esperar pela permissão da China para realizar este plano, apesar do fato de a região onde o transporte aéreo será realizado ser disputada entre os dois países.

    Tema:
    Conflito na fronteira entre Índia e China (17)

    Mais:

    'Apartheid' oculto: horrores da vida das castas 'intocáveis' na Índia não param
    Deslizamento de terra causa pelo menos 46 mortes na Índia
    Quem tem algo a ganhar com uma guerra entre China e Índia na Ásia?
    Tags:
    helicópteros, aviação civil, infraestrutura, disputa territorial, fronteira, Himalaia, China, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar