10:24 18 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Sistema de defesa antimíssil Aegis Ashore

    Japão planeja adquirir sistemas de defesa antimíssil em meio à ameaça coreana

    CC BY 2.0 / Agência da Defesa de Mísseis dos EUA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Manobras irritam Pyongyang (20)
    3 0 0

    O Ministério da Defesa do Japão planeja reforçar as capacidades da sua defesa antimíssil com sistemas terrestres Aegis Ashore.

    Levando em consideração que a Coreia do Norte continua desenvolvendo seus mísseis balísticos, o Ministério da Defesa incluirá no seu orçamento para 20118 um montante para a compra dos sistemas Aegis Ashore, informa o canal de televisão NHK.

    Os sistemas de combate Aegis Ashore irão reforçar os mísseis interceptores SM-3, versão naval, que equipam vários destróieres japoneses e uma terça parte dos sistemas PAC-3 estacionados nas principais bases militares e nas zonas mais povoadas.

    O número dos destróieres equipados com o sistema Aegis deve ser aumentado de quatro para cinco até o fim de março do próximo ano.

    Ao mesmo tempo, os planos do Ministério da Defesa para 2018 incluem também o desenvolvimento de um novo radar para proteger os satélites japoneses e estadunidenses da chamada sucata espacial, que, além disso, será capaz de detectar aviões de combate que usam tecnologias furtivas.

    Mais cedo, Pyongyang prometeu concluir até o fim de agosto um plano para lançar quatro mísseis de alcance intermediário na direção da ilha de Guam, no Oceano Pacífico, que abriga bases militares dos EUA. A ideia fez aumentar as tensões entre os dois países.

    Recentemente, Trump emitiu uma nova ameaça contra a Coreia do Norte, dizendo que os militares dos EUA estavam "prontos a disparar". Anteriormente, o presidente norte-americano havia declarado que a Coreia do Norte iria receber "fogo e fúria" em caso de novas ameaças de Pyongyang.

    A Coreia do Norte, por sua vez, acusou os EUA de levarem a Península Coreana à beira da guerra nuclear. Tal deixou as potências mundiais alarmadas com a escalada da tensão.

    Tema:
    Manobras irritam Pyongyang (20)

    Mais:

    Japão diz que vai derrubar mísseis norte-coreanos disparados contra Guam
    Japão pede mais pressão e menos diálogo com a Coreia do Norte
    Japão: Coreia do Norte já pode ter tecnologia para construir ogivas nucleares menores
    Ameaças de Pyongyang colocam Japão em alerta
    Tags:
    orçamento militar, defesa antimísseis, destróieres, navios, equipamento, aviões, compra, PAC-3, Sistema de Combate Aegis, Ministério da Defesa do Japão, Donald Trump, Guam, Coreia do Norte, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar