01:28 25 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Imagem do míssil norte-coreano Hwasong-14, testado em 4 de julho de 2017

    Satélites dos EUA registram movimentação de lançadores de mísseis da Coreia do Norte

    © REUTERS/ KCNA/via REUTERS
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Manobras irritam Pyongyang (20)
    496984162

    Satélites de observação dos Estados Unidos captaram uma nova movimentação de lançadores de mísseis da República Popular Democrática da Coreia (RPDC), gerando preocupações sobre a possibilidade de um novo teste ou até mesmo de um ataque por parte de Pyongyang.

    "Alto funcionário: satélites dos EUA observam movimentação de lançador de mísseis móvel da Coreia do Norte; preparação de lançamento de míssil balístico de alcance médio é possível", afirmou um correspondente da CNN na China. 

    A suposta movimentação ocorre poucos dias depois de o regime de Kim Jong-un anunciar planos para atacar o território norte-americano de Guam, no Pacífico, e a menos de uma semana dos próximos exercícios militares dos EUA com a Coreia do Sul, que envolverão um grande número de atividades aéreas, terrestres e marítimas no Leste Asiático. 

    Na última segunda-feira, 14, o líder norte-coreano inspecionou o Comando da Força Estratégica da RPDC e ouviu dos militares um relato detalhado sobre a preparação para o disparo de quatro mísseis contra a ilha de Guam, o qual, segundo a agência KCNA, deixou Kim muito entusiasmado. 

    Tema:
    Manobras irritam Pyongyang (20)

    Mais:

    Político sul-coreano quer 'inundar' Coreia do Norte com informações para derrubar regime
    Venezuela é mais indefesa que Coreia do Norte: que país será o primeiro alvo dos EUA?
    Rússia se diz pronta para coordenação com China pela paz na Península da Coreia
    Ucrânia reconhece que suas tecnologias de mísseis podem ter ido parar na Coreia do Norte
    Moscou: Península da Coreia está à beira de uma guerra que provocará um colapso mundial
    Tags:
    mísseis, ataque, KCNA, CNN, Kim Jong-un, Guam, Leste Asiático, República Popular Democrática da Coreia (RPDC), Pyongyang, Pacífico, Coreia do Norte, China, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik