16:15 22 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Congresso do Partido dos Trabalhadores em Pyongyang, Coreia do Norte

    Opinião: chamada de embaixadores-chave a Pyongyang é medida de emergência

    © REUTERS / Damir Sagolj
    Ásia e Oceania
    URL curta
    891
    Nos siga no

    A chamada dos embaixadores nos maiores países do mundo para uma reunião em Pyongyang pode ajudar a atenuar temporariamente a situação em torno da Coreia do Norte, acredita o analista russo Dmitry Mosyakov.

    Antes foi divulgada a informação que as autoridades da Coreia do Norte chamaram os seus embaixadores nos maiores países do mundo para uma reunião diplomática em Pyongyang no contexto de aumento das sanções internacionais e da tensão nuclear.

    Da reunião participam, nomeadamente, os embaixadores da Coreia do Norte na China e na Rússia e o representante oficial do país na ONU.

    "Os embaixadores nos países-chave – muitas coisas dependem deles no domínio da informação prestada aos maiores países sobre a posição da Coreia do Norte. É absolutamente claro que isso está ligado à situação geral em torno da Coreia do Norte", acrescentou o interlocutor da agência Sputnik, o analista Dmitry Mosyakov.

    Entretanto, ele não esclareceu que assuntos deverão ser discutidos pelos diplomatas norte-coreanos em Pyongyang, mas disse esperar que eles consigam chegar a um compromisso.

    A Coreia do Norte se preocupa com a ameaça por parte dos EUA e está avançando na criação de mísseis balísticos intercontinentais com ogivas nucleares, esperando que isso lhe vá permitir evitar o destino do Iraque. Mas, assim a Coreia do Norte viola o regime de não proliferação de armas nucleares, provocando novas sanções da ONU.

    O último bloco de sanções inclui uma série de fortes restrições, incluindo a proibição de compra de carvão, de minério de ferro e de produtos marinhos. Pyongyang classificou esta medida como uma violação da soberania do país.

    Mais:

    Mídia: crise em torno da Coreia do Norte ameaça segurança dos Jogos Olímpicos 2018
    São humanos também: quais são as preferências sexuais da elite da Coreia do Norte?
    Tags:
    medidas, tensão, crise, chamada, reunião, autoridades, embaixador, Pyongyang, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar