02:35 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, durante reunião com o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, nas margens da cúpula da ASEAN em Manila

    Lavrov: crise coreana será resolvida com abordagem prudente de todas as partes envolvidas

    © Sputnik/ Vitaliy Belousov
    Ásia e Oceania
    URL curta
    120

    Moscou espera que, com abordagem prudente de todos os envolvidos, inclusive dos EUA, da Coreia do Sul e do Japão, serão encontradas soluções adequadas para a crise da Coreia do Norte, declarou o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov.

    "Estamos contando que, com uma abordagem prudente por parte de todos os envolvidos, incluindo os EUA, a Coreia do Sul e o Japão, vamos conseguir encontrar uma solução que agrade a todos", disse o chefe da diplomacia russa aos jornalistas em Manila, onde está sendo realizada a cúpula da Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN).

    Neste sábado, dia 5 de agosto, o Conselho de Segurança da ONU aprovou uma resolução que contempla a proibição para importação de uma série de produtos da Coreia do Norte, inclusive de ferro, chumbo, carvão mineral e pescados. As contas do Banco de Comércio Externo da Coreia do Norte serão congeladas, e os navios norte-coreanos, que violarem as resoluções da ONU, ficarão impedidos de utilizar os portos em todo o mundo. As sanções também atingiram diversas pessoas físicas e autoridades coreanas, ligadas aos programas nuclear e de mísseis balísticos de Pyongyang.

    Mais:

    Japão: Coreia do Norte já pode ter tecnologia para construir ogivas nucleares menores
    Pequim: China vai pagar o preço das sanções contra a Coreia do Norte
    Coreia do Norte carrega lanchas com mísseis após EUA sugerirem reenviar navios à península
    'Temos o programa nuclear completo': É o que a Coreia do Norte pode anunciar em 2018
    Tags:
    crise coreana, Sergei Lavrov, Manila, Rússia, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik