01:41 10 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte

    Coreia do Norte rejeita e condena novas sanções da ONU pois violam sua soberania

    © REUTERS / KCNA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    26131
    Nos siga no

    A Coreia do Norte rejeita completamente a resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre novas sanções, pois estas violam sua soberania, diz-se em um comunicado do governo norte-coreano, citado pela agência KCNA.

    "Sobretudo, condenamos e rejeitamos completamente a resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre sanções, fabricada pelos EUA e forças hostis, sendo esta uma violação grave da soberania de nossa república", afirma o comunicado.

    Além disso, de acordo com o comunicado, Pyongyang não vai discutir o problema da desnuclearização da Península da Coreia enquanto a ameaça e posição hostil da parte dos EUA se mantiverem.

    "Enquanto a ameaça nuclear se mantiver e continuarem as maquinações contra a nossa república, digam o que disserem, não vamos discutir as medidas de desnuclearização nem desistir da estratégia escolhida, que visa o aumento das capacidades nucleares do país", sublinha o governo norte-coreano, citado pela KCNA. 

    Há poucos dias, o Conselho de Segurança da ONU ampliou as sanções contra Pyongyang. As medidas foram tomadas após os dois lançamentos de mísseis Hwasong-14, realizados pela Coreia do Norte em julho. Segundo os dados dos EUA, Japão e Coreia do Sul, os mísseis lançados são intercontinentais.

    Tags:
    críticas, sanções, Conselho de Segurança da ONU, ONU, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar