12:39 18 Junho 2018
Ouvir Rádio
    O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, e altos militares participam das comemorações do fim da Guerra da Coreia

    Ausência de 2 semanas: o que Kim Jong-un faz quando ninguém o vê? (FOTOS)

    © REUTERS / KCNA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    10142

    O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, reapareceu em público depois de 2 semanas de ausência, tendo colocado uma coroa de flores no túmulo dos combatentes da Guerra da Coreia, conforme comunica hoje (28) a agência norte-coreana KCNA.

    Durante a imposição de coroa de flores, Kim Jong-un disse esperar que "todos os militares e a geração mais nova herdem o espírito de proteção da sua Pátria".

    • Kim Jong-un e altos funcionários militares coreanos colocam coroa de flores no túmulo dos combatentes da Guerra da Coreia
      Kim Jong-un e altos funcionários militares coreanos colocam coroa de flores no túmulo dos combatentes da Guerra da Coreia
      © REUTERS / KCNA
    • Kim Jong-un e altos militares coreanos rendem homenagem junto ao túmulo dos combatentes da Guerra da Coreia
      Kim Jong-un e altos militares coreanos rendem homenagem junto ao túmulo dos combatentes da Guerra da Coreia
      © Foto : KCNA
    1 / 2
    © REUTERS / KCNA
    Kim Jong-un e altos funcionários militares coreanos colocam coroa de flores no túmulo dos combatentes da Guerra da Coreia

    A emissora NHK, tentando explicar a razão da ausência de Kim durante duas semanas, comunicou que o presidente teve que estar presente no polígono para preparar um lançamento de mísseis. Especialistas dos EUA, do Japão e da Coreia do Sul eram de opinião de que a Coreia do Norte estava preparando um novo teste de mísseis e que este devia coincidir com o aniversário do fim da Guerra da Coreia. A razão porque o teste não foi realizado pode estar ligada a dificuldades técnicas nas primeiras etapas.

    O jornal norte-coreano Rodong Sinmun que também publicou novas fotos de Kim, não se conteve de fazer mais uma declaração de que os norte-coreanos "vão continuar atacando impiedosamente até que os EUA capitulem, se ajoelhem e caiam na sepultura".

    A Coreia do Norte anunciou no dia 4 de julho o lançamento bem sucedido do seu primeiro míssil balístico intercontinental. O míssil Hwasong-14 voou 933 km e atingiu a altitude de 2802 km.

    Mais:

    Presentes à norte-coreana: o que os criadores do Hwasong-14 ganharam de Kim Jong-un?
    EUA poderiam ter eliminado Kim Jong-un com 'tiro fácil', diz analista
    'Kim Kardashian russa' agora tem concorrente deslumbrante (FOTOS)
    Tags:
    testes de mísseis, míssil balístico intercontinental, míssil balístico, Hwasong-14, Kim Jong-un, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik