15:47 24 Julho 2017
Ouvir Rádio
    Pyongyang, capital norte-coreana

    Coreia do Norte: EUA escavam túmulo para si mesmos com suas próprias mãos

    © Sputnik/ Ilia Pitalev
    Ásia e Oceania
    URL curta
    297629174

    A Coreia do Norte planeja tomar medidas de resposta caso o Conselho de Segurança da ONU aprove uma resolução devido ao recente teste realizado por Pyongyang.

    "Se no Conselho de Segurança aparecer mais uma resolução de sanções, tomaremos medidas de resposta e responderemos com ações justas", cita a agência de notícias central da Coreia do Norte (KCNA) um diplomata norte-coreano.

    Por sua vez, a agência sul-coreana, Yonhap, destaca que a Coreia do Norte não detalhou de que medidas se trata.

    "Em vez de olhar diretamente para o nosso estatuto estratégico e refletir, os EUA recorrem à política de pressão e sanções contra a República [Popular Democrática da Coreia], e assim escavam um túmulo para si mesmos com suas próprias mãos", acrescenta o comunicado de Pyongyang.

    Nos últimos meses, Pyongyang realizou uma série de lançamentos de mísseis balísticos e de testes nucleares. O último lançamento foi realizado em 4 de julho. Pyongyang afirma ter testado com sucesso um míssil balístico intercontinental. Após o lançamento, o míssil Hwasong-14 voou cerca de 933 quilômetros em 39 minutos, atingindo uma altitude de 2.802 quilômetros, informou a televisão estatal da Coreia do Norte.

    Mais:

    'EUA não estão preparados para negociar com a Coreia do Norte', diz ex-diplomata
    Coreia do Norte: EUA estão brincando com fogo em cima da pólvora
    Coreia do Norte promete mais 'pacotes de presentes' para os EUA
    Tags:
    medidas de resposta, sanções, ONU, EUA, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik