07:44 20 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    O líder da Coréia do Norte, Kim Jong Un, assiste a um exercício militar marcando o 85º aniversário do estabelecimento do Exército Popular da Coréia (KPA) nesta foto da Agência Coreana de Notícias da Coreia do Norte (KCNA) disponibilizada em abril

    EUA poderiam ter eliminado Kim Jong-un com 'tiro fácil', diz analista

    Ásia e Oceania
    URL curta
    46140881219

    Quando a Coréia do Norte testou seu primeiro míssil balístico intercontinental com sucesso, no dia 4 de julho, os militares estadunidenses tiveram "um tiro muito fácil para matar Kim, e não o fizeram", disse Rodger Baker, consultor da companhia de inteligência Stratfor, em entrevista à Business Insider.

    Durante o lançamento, Kim supostamente ficou em uma plataforma fumando por mais de uma hora, afirmou a revista The Diplomat, o que daria aos EUA a chance de tentar executar o líder norte-coreano.

    Baker afirmou que normalmente Washington sabe com antecedência dos testes de mísseis norte-coreanos. Entretanto, o analista classificou como "incomum" o vazamento da informação de que os EUA poderiam ter tentado eliminar Kim.

    Na análise de Baker, a atitude seria uma maneira de reduzir o ritmo dos testes militares de Pyongyang e também demonstrar a fragilidade do líder norte-coreano.

    Mais:

    'EUA não estão preparados para negociar com a Coreia do Norte', diz ex-diplomata
    Coreia do Norte x Daesh: de quem os norte-americanos têm mais medo?
    Japão envia nota de protesto à Coreia do Norte devido a incidente com navio
    Sistema THAAD pode proteger 10 milhões de pessoas na Coreia do Sul, diz comandante dos EUA
    'Pequeno detalhe' separa Coreia do Norte de míssil intercontinental, diz Seul
    Resposta imediata: é assim que Seul planeja conter ataque nuclear da Coreia do Norte
    Tags:
    Kim Jong-un
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik