20:44 12 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    665
    Nos siga no

    O primeiro-ministro da Austrália, Malcolm Turnbull, inaugurou formalmente a construção de uma nova frota de submarinos em um estaleiro naval francês. As novas embarcações serão a base da estratégia de defesa australiana durante as próximas décadas, informa a France 24.

    "A Austrália escolheu a empresa naval francesa DCNS em abril de 2016 para construir a frota de 12 submarinos, o que supera as ofertas do Japão e Alemanha, firmando um dos contratos de defesa mais lucrativos do mundo", escreve.

    Na coletiva de imprensa com o presidente francês, Emmanuel Macron, o líder australiano anunciou a intenção de abrir um escritório para o projeto no estaleiro da DCNS Cherbourg.

    "É o maior e mais ambicioso projeto militar na história da Austrália", ressaltou Malcolm Turnbull aos jornalistas em Paris.

    Por sua parte, Macron afirmou que a França fará tudo o necessário para corresponder aos requisitos do contrato.

    A nova frota de submarinos é o foco da estratégia de defesa da Austrália, anunciada em 2016. Esta prevê o aumento de gastos militares em 22,8 bilhões de dólares (R$ 74,8 bilhões) nos próximos 10 anos a fim de "proteger os interesses estratégicos e comerciais" no Círculo do Pacífico.

    Espera-se que os primeiros submarinos entrem em serviço no início de 2030, enquanto a construção dos restantes está prevista para 2050. A construção será realizada maioritariamente na cidade australiana de Adelaide conforme projetos elaborados na França.

    Mais:

    Coreia da Sul recebe novo submarino de 1.800 toneladas
    Visita de Macron a um submarino provoca guerra de Photoshop na Internet
    Tags:
    cooperação bilateral, frota, submarinos, Malcolm Turnbull, Emmanuel Macron, França, Austrália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar