10:53 05 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    110
    Nos siga no

    O exército filipino encontrou os corpos de dois marinheiros do Vietnã que tinham sido capturados por islamistas do grupo Abou Sayyaf há oito meses.

    Os corpos decapitados de dois vietnamitas detidos por terroristas no fim de 2016 foram encontrados no sul das Filipinas, perto da ilha de Basilan, considerada como o reduto do grupo islamista Abou Sayyaf.

    Os dois homens foram sequestrados em novembro do ano passado junto com quatro compatriotas após desconhecidos armados terem tomado de assalto o navio de carga, a bordo do qual eles se encontravam.

    De acordo com o porta-voz do exército filipino, os extremistas do Abou Sayyaf detêm outros 11 estrangeiros e oito cidadãos das Filipinas.

    O grupo Abou Sayyaf foi formado em meados dos anos noventa com os fundos fornecidos pelo chefe da Al-Qaeda bin Laden. O número de membros do grupo é de cerca de 400 elementos.

    Em 2004, o Abou Sayyaf cometeu o atentado mais importante na história das Filipinas que causou mais de 200 mortes.

    Mais:

    China doa US$ 7,35 milhões em armas para Filipinas combater Daesh
    Militantes pró-Daesh invadem escola e fazem estudantes reféns nas Filipinas
    Tags:
    vítimas, navio, execução, assassinato, militantes, terroristas, Vietnã, Filipinas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar