19:49 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Norte-coreanos observando o teste do míssil balístico Hwasong-14

    Seul duvida que Pyongyang tenha conseguido desenvolver mísseis intercontinentais

    © REUTERS / KCNA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    311
    Nos siga no

    Na quarta-feira (5), o Ministério da Defesa da Coreia do Sul disse duvidar que Pyongyang tenha atingido sucesso no desenvolvimento de mísseis intercontinentais, pois não há prova alguma de que o míssil norte-coreano tenha voltado para a atmosfera após seu recente lançamento.

    A Coreia do Norte anunciou, na terça-feira (4), que realizou lançamento bem-sucedido do seu primeiro míssil balístico intercontinental, o Hwasong-14, às 09h39 no horário local, afirmando que o míssil voou 933 km e atingiu 2.802 km de altitude durante 39 minutos antes de "alcançar com precisão águas do alvo" no mar do Japão (também conhecido como mar do Leste).

    "Levando em consideração que o míssil foi lançado a partir de uma plataforma de lançamento fixa e que ainda não sabemos se [o míssil] voltou para a [atmosfera], não possuímos dados suficientes para chegar à conclusão de que a Coreia do Norte alcançou sucesso ao desenvolver mísseis intercontinentais", disse o ministério, citado pela agência Yonhap.

    O ministério também notou que a Coreia do Norte lançou o último míssil da plataforma terrestre fixa para evitar danos a suas plataformas rodoviárias móveis, pois o lançamento parece estar na fase de desenvolvimento ou pesquisa, de acordo com a agência.

    O Ministério da Defesa da Rússia comunicou, na terça-feira (4), que o míssil norte-coreano voou cerca 510 km e atingiu 535 km de altitude. De acordo com o ministério, "os dados paramétricos do voo do míssil balístico correspondem a caraterísticas táticas e técnicas de um míssil de médio alcance".

    Mais:

    Pyongyang exige dissolução de Comando da ONU em Seul por ser 'instrumento de agressão'
    EUA realizam exercícios de mísseis em resposta ao lançamento da Coreia do Norte
    Tags:
    míssil balístico intercontinental, testes de mísseis, Ministério da Defesa da Coreia do Sul, Coreia do Norte, Coreia do Sul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar