02:37 23 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Kim Jong-un

    Coreia do Norte liga Trump a Hitler e diz que o seu governo é o 'Nazismo do Século 21'

    © Sputnik / Ilia Pitalev
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)
    5123

    A Coreia do Norte comparou nesta terça-feira o presidente norte-americano Donald Trump ao austríaco Adolf Hitler, na mais recente manifestação de uma série de críticas trocadas entre Pyongyang e Washington.

    Em um editorial publicado pela agência estatal norte-coreana KCNA, o regime de Kim Jong-un elevou o tom contra Trump, criticando as suas políticas e comparando-as ao “Nazismo do Século 21”.

    “O princípio norte-americano do ‘América primeiro’ defende a dominação do mundo recorrendo a meios militares, tal como foi o caso do conceito de ocupação mundial de Hitler”, pondera o texto da KCNA, em uma menção ao jargão compartilhado por Trump, que prometeu priorizar os interesses dos EUA acima de todos os demais países da comunidade internacional.

    Além disso, o texto afirma que Trump está “seguindo a política ditatorial de Hitler” para dividir os outros em duas categorias, “amigos e inimigos”, para então justificar a “supressão”.

    Uma semana após chamar o presidente dos EUA  de “lunático”, Pyongyang subiu o tom para níveis incomuns até mesmo na retórica norte-coreana, que comumente carrega os seus comunicados com muitos adjetivos pouco elogiosos aos seus inimigos.

    E as comparações com o Führer não acabaram aí. A KCNA trouxe ainda, em seu texto, uma crítica à insistência dos EUA em aplicar novas sanções contra o país asiático, o que estaria causando problemas sociais e humanitários.

    “[É] um ato antiético e desproporcional, muito superior ao grau de bloqueio de Hitler em Leningrado”, diz a publicação, referindo-se ao cerco de quase 900 dias vividos pela então cidade soviética (atual São Petersburgo) durante a Segunda Guerra Mundial, que matou milhões de pessoas.

    “O modo Trump de pensar que todo o mundo pode ser sacrificado apenas para uma melhor vida dos EUA, colocou até mesmo seus aliados e aliados em um lindo embaraço”, concluiu a KCNA.

    O forte discurso contrário a Trump por parte da Coreia do Norte vem às vésperas do encontro entre o presidente dos EUA e o presidente sul-coreano Moon Jae-in, nesta semana, em Washington. Há a expectativa que os dois aliados definam novas medidas para lidar com Pyongyang e o seu programa nuclear.

    Tema:
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)

    Mais:

    Aniversário da Guerra da Coreia mostra enorme fosso entre países vizinhos
    Coreia do Sul pressiona Pyongyang para liberar detidos estrangeiros
    China e EUA declaram buscar 'completa desnuclearização' da Coreia do Norte
    Coreia do Norte não discute programa nuclear com Seul e impõe condições para conversar
    Tags:
    leningrado, guerra nuclear, diplomacia, política, nazismo, KCNA, Adolf Hitler, Kim Jong-un, Moon Jae-in, Donald Trump, Coreia do Sul, Estados Unidos, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik