09:33 17 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    12511
    Nos siga no

    O escritório representante da chancelaria russa em Vladivostok está verificando os detalhes do alegado incidente envolvendo a detenção de um iate russo por um navio norte-coreano, disse o representante do ministério na sexta-feira (16) à Sputnik.

    De acordo com o Centro Marítimo de Resgate e Coordenação de Vladivostok, o iate Katalexa, com três pessoas a bordo, que estava navegando de Taiwan para a cidade russa de Vladivostok, foi detido por um navio da Coreia do Norte na parte noroeste do mar do Japão (também conhecido como mar do Leste).

    No momento, o iate e a tripulação estão no porto norte-coreano de Rajin, contou à Sputnik o adido de imprensa da Embaixada da Rússia no país, Denis Samsonov.

    "A parte coreana nos comunicou que o iate está no porto de Rajin. Ele foi transportado para este porto por volta das 22h00, horário local (10h00, horário de Brasília), na quinta-feira", disse o adido.

    De acordo com ele, o cônsul-geral da Rússia na cidade de Chongjin partiu rumo ao porto norte-coreano onde o iate se encontra, acrescentando que a parte norte-coreana não comenta a situação.

    Mais:

    EUA consideram proibir viagens de seus cidadãos à Coreia do Norte
    Por que razão Coreia do Norte decidiu libertar estudante norte-americano?
    Tags:
    iate, apreensão, incidente, Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Coreia do Norte, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar