17:32 20 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    514
    Nos siga no

    O fim do programa nuclear de Pyongyang é uma questão de sobrevivência para Seul, afirmou presidente sul-coreano Moon Jae-in nesta segunda-feira (12).

    "A desnuclearização da Coreia do Norte é necessária para garantir a paz no mundo e no nordeste da Ásia, mas para a Coreia do Sul, é uma questão de sobrevivência", disse Moon em uma reunião com Toshihiro Nikai, enviado especial do primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, segundo a agência de notícias Yonhap.

    De acordo com o escritório do presidente, Nikai transmitiu ao líder sul-coreano uma carta da Abe, na qual o primeiro-ministro japonês sublinhou a necessidade de continuar pressionando a Coreia do Norte e reforçar as sanções até que Pyongyang abandone completamente seu programa nuclear.

    Moon, por sua vez, disse que as sanções e a pressão não eram suficientes para resolver o problema e enfatizou a necessidade de levar a Coreia do Norte de volta à mesa de negociações, disse seu porta-voz, Park Soo-hyun, segundo os meios de comunicação locais.

    No início de junho, o Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade uma resolução para ampliar o alcance das sanções, proibição de viagens e congelamento de ativos contra a Coreia do Norte.

    Pyongyang realizou o seu mais recente lançamento de mísseis balísticos em 8 de junho, disparando vários mísseis de curto alcance na costa leste do país. Foi o quarto teste de mísseis dentro de um mês.

    Mais:

    Coreia do Norte pode testar em breve míssil balístico intercontinental
    Japão, China e Coreia do Sul se juntam para uma missão especial
    Militares sul-coreanos encontram 'presentinho' da Coreia do Norte na fronteira (FOTO)
    Coreia do Norte diz que mais recente teste envolveu um novo tipo de míssil
    Coreia do Sul suspende implantação do sistema antimísseis... e os EUA não gostaram nada
    China chama a atenção da Coreia do Norte e pede fim das 'provocações'
    Tags:
    Conselho de Segurança da ONU, Shinzu Abe, Moon Jae-in
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar