03:18 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    680
    Nos siga no

    A agência estatal norte-coreana KCNA informou em 27 de maio que drone sul-coreano violou o espaço aéreo do país, chamando esta ação de "séria provocação militar".

    De acordo com a KCNA, citada pela agência sul-coreana Yonhap, o drone da Coreia do Sul Heron violou a fronteira área ocidental da Coreia do Norte na sexta-feira (26).

    Destaca-se que Pyongyang prometeu "responder sem piedade".

    Mais cedo nesta semana (23) os sul-coreanos haviam comunicado ter detectado um objeto desconhecido voando a partir do território norte-coreano para a província oriental de Gangwon. Em resposta, os militares sul-coreanos abriram fogo usando metralhadoras K-3. Mais tarde foi determinado que objeto era um balão com materiais de propaganda.

    O episódio tende a aumentar ainda mais a pressão sobre as já tensas relações entre os dois países, que vivem um armistício desde 1953, quando terminou a Guerra da Coreia, iniciada três anos antes.

    Mais:

    Coreia do Norte promete reduzir EUA a cinzas
    EUA descartam solução militar contra Coreia do Norte em estratégia da era Obama
    Coreia do Norte promete maior capacidade nuclear e chama esforço dos EUA de 'farsa'
    Tags:
    espaço aéreo, violação, drone, tensão militar, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar